SDS apresenta Relatório Social para CMAS que destaca transparência e crescimento das ações.
redação

"Há mais de cinco anos não assistia a uma apresentação tão rica em detalhes e com números crescentes de atendimentos realizados pelos programas da secretaria de Desenvolvimento Social", destaca o vice-presidente do Conselho Municipal de Assistência Social de Ilhéus, Carlos José Silva Moraes.

 

Realizada nesta quarta- feira (10), no auditório da sede da Prefeitura de Ilhéus, na Conquista, a apresentação do Relatório Social 2017 teve também a participação da secretária de Desenvolvimento Social, Soane Galvão, do presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, José Arnaldo Pereira, da presidente do Conselho Municipal da Criança e Adolescente (CMDCA), Nilza Maria, conselheiros, e coordenadores dos programas e serviços da básica, média e alta complexidade do munícipio. 

 

Ações unificadas - Toda a rede de proteção trabalha desde o início da gestão de forma unificada, com reuniões mensais de coordenação, monitoramento de dados, parcerias com secretarias do município, como saúde e educação, e com empresas privadas, realizando a busca ativa das famílias e de pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade e risco social, com objetivo de inseri-las nos programas sociais promovendo o desenvolvimento econômico, social e educacional.

 

De acordo com a secretária Soane Galvão é importante mostrar todo o trabalho feito pela rede proteção, que tem como principal objetivo garantir os direitos sociais e melhorar a qualidade de vida da população ilheense. "Apresentamos para o Conselho as ações e as melhorias que foram implementadas pela equipe da secretaria de Desenvolvimento Social durante o ano de 2017, apesar de encontrar algumas dificuldades, conseguimos atingir diversas metas, como o aumento do Índice de Gestão Descentralizada (IGD) do Bolsa Família, as mudanças das sedes do Conselho Tutelar, do Abrigo Masculino e do Cras Norte".

 

Ações positivas - Diversas ações foram destacadas como a regularização das documentações dos assistidos, tratamentos de saúde e odontológico, inclusão no Cadastro Único (CadÚnico) que dá acesso aos programas do Governo Federal e benefícios sociais, foram alguns dos pontos altos apresentados.

Somente no Centro de Referência Especializado em População em Situação de Rua (Centro Pop), foram realizados 4.882 atendimentos rotativos de pessoas esse ano, assim como a regularização da entrega de material de higiene e alimentação diária (café da manhã, almoço e lanche), com acompanhamento profissional de nutricionista na elaboração dos cardápios.

 

Foram realizadas ainda as apresentações das ações executadas pelos Centros de Referência da Assistência Social (Cras), como o Natal Solidário, o trabalho desenvolvido direto com a comunidade (adultos, jovens e crianças), na realização de cursos de artesanato, palestras informativas e de conscientização junto com o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), e com as escolas do município.

 

Os trabalhos desenvolvidos pelos Centros de Referência Especializados da Assistência Social (Creas/Paefi) destacaram parcerias firmadas com o Serviço de Intermediação para o trabalho (Sine) Bahia, a empresa OAS, que visa inserir jovens em cumprimento de medidas socioeducativas no mercado de trabalho.

 

Assim, como ações de combate a violência contra à Mulher, realização de palestras, seminários e atendimentos especializados as mulheres que sofrem algum tipo de violência pela equipe multiprofissional do Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM), além dos atendimentos as famílias do (Creas/ Paefi) que se encontram em situação de risco social ou tiveram seus direitos violados. Oferecendo apoio, orientação e acompanhamento para a superação dessas situações por meio da promoção de direitos, da preservação e do fortalecimento das relações familiares e sociais.

 

Para o presidente do CMAS, José Pereira, foram visíveis as melhorias dos serviços da SDS durante o ano de 2017. "Acompanhamos periodicamente as ações e os serviços da secretaria, o relatório social apresentado foi muito produtivo, é importante esse intercâmbio entre o conselho é o órgão", finaliza.

 

As apresentações da rede de abrigamento do município e dos demais (Cras) serão realizadas na próxima reunião entre o Conselho Municipal de Assistência Social e a secretaria de Desenvolvimento Social de Ilhéus, com data a definir.

 
 
mais notícias....