Ilhéus desenvolve ações estratégicas para combater a dengue no município.
redação

Em função do alerta do Ministério da Saúde de que dezenas de municípios baianos se encontram com altos índices de infestação do mosquito transmissor da dengue, zika vírus, febre amarela e chikungunya, a Secretaria de Saúde de Ilhéus, por meio da equipe de Coordenação de Combate às Endemias, vem reforçando ações estratégicas para o controle da doença no município. Para isso, a população pode contribuir ligando para os telefones do 'Disque dengue' 3234-2031 e 0800 024 2031. Por meio de denúncias a equipe faz as visitas em até 24 horas.

 

O coordenador do Combate as Endemias da secretaria municipal de Saúde, Roberto Reis, disse que o último Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa) foi realizado de 7 a 11 de maio deste ano. "Estamos desenvolvendo atividades e ações nos bairros onde os índices de infestação se encontram altos. Além disso, realizamos quinzenalmente visitas em pontos estratégicos, a exemplo de cemitérios, borracharias, postos de combustíveis, hospitais, floricultura, dentre outros locais, conforme determinação do Ministério da Saúde", afirmou.

 

Roberto Reis destaca ainda que as equipes de combate às endemias também realizam bloqueios de casos notificados pela Vigilância Epidemiológica, conforme orientação e determinação da Divisão de Vigilância Epidemiológica e do Ministério da Saúde.  "Além disso, a equipe de educação e saúde tem realizado palestras, sensibilização e mobilização em escolas, associações de moradores, igrejas e empresas".

 

Por sua vez, a secretária de Saúde, Elizângela Oliveira, pede apoio da população no sentido de evitar o surgimento de criadouros do mosquito transmissor da dengue, tais como cobrir tanques e tonéis, evitar o acúmulo de depósitos de garrafas diversas, copos descartáveis, latinhas, pneus, dentre outros objetos que ficam a céu aberto com água parada.

 
 
mais notícias....