Sesau adotará medidas para ampliar cobertura da vacinação contra Poliomielite em Ilhéus.
redação

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) adotará medidas para ampliar o índice de cobertura da vacinação contra poliomielite em todo o município de Ilhéus. Conforme informação da secretária de Saúde, Elizângela Oliveira, no próximo mês de agosto terá início a campanha nacional de multivacinação, e, nesse sentido, já está sendo ampliado o número de salas de vacinas disponíveis tanto na zona urbana como na zona rural. "Além disso, a Sesau vai realizar um trabalho de conscientização nas escolas em conjunto com a Secretaria Municipal de Educação (Seduc)", salienta Oliveira.

 

A secretária reforça que o trabalho que está sendo realizado de restruturação da rede de atenção básica à saúde, com a reforma e ampliação das unidades de saúde, vai repercutir também na expansão do número de salas específicas destinadas ao serviço de imunização.

 

Ela explica que diversos fatores contribuíram para a eventual diminuição do índice de vacinação na cidade. Dentre eles, resistência dos pais para realizar a vacinação nos filhos, demora na reposição das doses das vacinas e um problema interno de transferência dos dados para o sistema. 

 

Ainda segundo Elizângela, o município irá realizar uma série de ações para melhorar a cobertura vacinal, como reuniões periódicas com os pais de alunos, através da Secretaria de Educação, para explicar a importância da vacina para as crianças, além de ações nas maternidades, escolas públicas e particulares e palestras nas unidades de saúde. A cidade também vai garantir doses suficientes para que o atendimento seja contínuo nas unidades de saúde. 

 

Vacina está disponível – A coordenadora de Imunização da secretaria de Saúde de Ilhéus, Walkiria Cardeal, informa que a vacina contra a poliomielite encontra-se disponível durante todo o ano nas unidades de saúde, mas que existe uma resistência da população em levar os filhos para se vacinar. Segundo Walkiria, além da ampliação de salas, os profissionais de saúde, como técnicos e enfermeiros, estão sendo capacitados para atuar na cobertura. "A vacina existe nos postos, os pais precisam levar seus filhos às unidades; precisamos mobilizar a todos, mas a população precisa ter a consciência de ir em busca da vacina, " ressalta.

 
 
mais notícias....