Presidente mundial da Bahia Mineração visita Ilhéus para conhecer área do Porto Sul.
redação

O presidente mundial da Bahia Mineração (Bamin), Benedikt Sobotka, esteve pela primeira vez em Ilhéus, na quarta-feira (12), atendendo ao convite do prefeito Mário Alexandre, para conhecer a área onde será implantado o Complexo Logístico Intermodal Porto Sul, no litoral norte da cidade. O encontro aconteceu na sala vipi do Txai, no aeroporto, com as presenças dos secretários municipais de Governo, Gil Gomes e de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, Alisson Mendonça, além dos representantes das empresas chinesas que formam o consórcio com a Bamin.

 

Para o prefeito, a oportunidade consolida uma obra gigantesca, que proporcionará progresso na economia, atração de novos empreendimentos e a geração de emprego e renda no município. "Acho que agora, com o interesse dos chineses, realização das audiências públicas, liberação das licenças ambientais e a regularidade da licitação, teremos investimentos de bilhões em Ilhéus, juntamente com a Zona de Processamento e Exportação (ZPE)", enfatizou.

 

O chefe do Executivo também destacou que o edital de licitação para o início da obra está dependendo da audiência pública que será realizada em Ilhéus, no próximo dia 21. "Acontecendo tudo conforme o cronograma, o processo de licitação terminará no mês de fevereiro de 2019", adiantou. Durante a audiência, serão colhidos subsídios dos diversos setores da sociedade para o processo de concessão do trecho da Fiol entre Caetité e Ilhéus e do Porto Sul à iniciativa privada.

 

A programação prevê o início das obras do Porto Sul e continuidade da Fiol a partir de junho de 2019. As obras estão com pelo menos 75% de execução física concluídas no trecho dos 537 quilômetros que liga Ilhéus a Caetité, a parte mais avançada do projeto.

 

 
 
mais notícias....