Valorização do chocolate gourmet fortalece economia turística da Bahia.
redação
A Bahia está representada por empresas produtoras de cacau e chocolate gourmet na 24ª edição do Salon du Chocolat, em Paris, até o próximo domingo (4). Desde terça-feira (30), o evento proporciona uma imersão no mercado europeu, participação em reuniões com importadores, workshops com chocolatiers e visitas a laboratórios e lojas conceito.
 
Considerado um dos mais importantes eventos internacionais para o setor de chocolates refinados, o Salon inclui seminários, conferências e ações de degustação. A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e de Investimentos (Apex-Brasil) registra a participação de 17 empresas da Bahia, estado que retoma fortemente a produção de cacau. Em 2017, a Bahia alcançou a produção de 83,9 mil toneladas.
 
Os produtores baianos estão reunidos no estande institucional da Cacau do Brasil e também no estande empresarial Origem Brasil. Além desses, a Mendoá Cacau tem estande próprio. A Secretaria do Turismo da Bahia (Setur) apoia o estande institucional com o objetivo de fortalecer a presença do chocolate gourmet no mercado internacional, produto turístico que fortalece a economia do estado.
 
"A Estrada do Chocolate [Ilhéus-Uruçuca] - primeira estrada temática da Bahia - é um roteiro que reúne antigas fazendas de cacau e valoriza o importante patrimônio natural da região", afirma o secretário estadual do Turismo, José Alves. "O visitante tem oportunidade de conhecer das plantações à produção do chocolate, numa vivência única, valorizada por diferenciais como história, gastronomia e literatura, dentre outros”. 
 
 
mais notícias....