Centenas de Pessoas participaram de mutirão no Dia Mundial de Combate à Aids.
redação

A Prefeitura de Ilhéus, por meio da Secretaria de Saúde (Sesau), realizou um mutirão de atendimento, no sábado(1º), para inserir o município no Dia Mundial de Combate à Aids. Durante todo o dia, equipes da Sesau e instituições parceiras disponibilizaram à população testes rápidos, para detectar Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) e o HIV, vírus da imunodeficiência humana, causador da Aids.

 

Os testes foram oferecidos pelo Centro de Testagem e Aconselhamento da Sesau (CTA), e o mutirão contou com o apoio do setor de Imunização, ONG Nepsi, além dos estudantes do curso de Medicina da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). A coordenadora do Programa Municipal de IST, Uiara Soub, disse que, a partir deste mês, moradores dos bairros Iguape, Pontal, Nelson Costa, Hernani Sá e Ilhéus II, poderão contar com a realização dos testes rápidos em seus postos de saúde.

 

De janeiro de 2019 em diante, os exames serão realizadas nas demais unidades básicas do município, o que marca a descentralização dos serviços que até então são realizados apenas na sede do CTA, localizada na Avenida Canavieiras, centro da cidade.

 

O prefeito Mario Alexandre prestigiou o mutirão e destacou que o trabalho de conscientização é muito importante para o diagnóstico precoce da doença. "Quanto mais cedo o vírus for detectado, maiores as chances de sobrevivência da pessoa infectada, então a gente fica feliz fazendo essa movimentação com a Secretaria de Saúde andando lado a lado da população nessa luta", enfatizou.

 

Para o secretário municipal de Saúde, Geraldo Magela, a confirmação precoce do evita que ele se propague para outras pessoas. "Estamos focados nessas ações de conscientização e vamos intensificá-las cada vez mais, a fim de evitar que esse mal se espalhe", pontuou. O secretário elogiou a mobilização e solidariedade dos servidores da Sesau. "Um exemplo a ser copiado".

 

Com o slogan "Nenhum mal pode ser vencido sem a conscientização", o mutirão atraiu gente como dona Izabel Cristina Rocha, que disse o quanto é importante a realização do teste rápido. "Através dele, eu fico sabendo se tenho ou não o vírus, e isso tranquiliza não só a mim, mas também o meu companheiro" acrescentou Izabel.

 
 
mais notícias....