CADHI de Ilhéus realiza atividades em atenção ao Dia Mundial do Diabetes.
redação

A cada oito segundos, alguém morre em decorrência de complicações do diabetes. Com o intuito de conscientizar, esclarecer e principalmente atender a comunidade, sendo ela portadora ou não da doença, o Centro de Atenção ao Diabético Hipertenso e Idoso de Ilhéus (CADHI) promove atividades em alusão ao Dia Mundial do Diabetes, no próximo dia 16 (sábado), das 8 às 14h, na Rua Marquês de Paranaguá, no Centro.

 

Serão oferecidos testes de glicemia capilar, aferição de pressão arterial, cadastramento dos portadores da doença, exames laboratoriais para os recém diagnosticados, consultas cardiológicas, exames de fundo de olho e pressão ocular, avaliação nutricional, vacinação, além de palestras educacionais, distribuição de brindes e recreação infantil. Os organizadores do projeto preveem atender a 1.500 pessoas.

 

Campanha de prevenção – A iniciativa também visa divulgar os fatores de risco e diagnosticar novos casos de diabetes, intensificar a campanha de prevenção e desmitificar informações acerca das causas, fatores de risco e tratamento da doença. O diabetes sobrecarrega os sistemas de saúde e representa uma grande ameaça à prosperidade humana, visto que atinge todas as classes sociais e faixas etárias.

 

A enfermeira e coordenadora do CADHI, Cássia Simone Ramos Hora Moreira e a técnica de enfermagem, Verônica Luiza de Almeida Sá representaram a unidade no curso para a implantação das salas de pé diabético e feridas complexas, realizado na Escola de Saúde Pública da Bahia (ESPB), em Salvador. A unidade está em processo de estruturação das salas no município.

 

O evento é uma realização da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), Associação dos Diabéticos de Ilhéus (ADI), Drogaria Velanes e Clínica 2 de Julho e conta com o apoio de voluntários, instituições, órgãos públicos e empresas do município.

 

Combate – De acordo com Federação Internacional de Diabetes (IDF), atualmente mais de 360 milhões de pessoas sofrem com a doença. Ela está entre as 10 principais causas de deficiências: portadores do diabetes são acometidos por doença cardíaca, derrame, amputação dos membros inferiores, retinopatia diabética (perda da visão ou cegueira causada pela doença diabética dos olhos) e insuficiência renal. A IDF estima que até 2035 mais de 550 milhões de pessoas em todo o mundo terão a doença.

 

Dia Mundial do Diabetes em Ilhéus

Data: 16 de novembro

Local: Rua Marquês de Paranaguá – Centro (Em frente à agência do INSS)

Horário: das 8 às 14h 

 
 
mais notícias....